A gente explica: o jornal A Sirene

Por Adelaide Dias, Ana Cristina Maia, Fernanda Tropia, Guilherme Meneghin, Juçara Brittes, Lucas de Godoy, Luzia Queiroz, Milton Sena, Mônica Santos, Silvany Diniz e Stênio Lima

Com o apoio de Daniela Felix e Miriã Bonifácio

Foto: Lucas de Godoy

Para você, qual o significado de ‘memória’, ‘comunicação’ e ‘direito’? Perguntamos sobre estas e outras palavras aos atingidos e àqueles que nos ajudaram a construir os dois anos de jornal A Sirene.

Jornal

1. Preservação da memória dos Atingidos 2. Comunicação 3. Símbolo de luta e orgulho de todos nós 4. Troca de informação necessária 5. Canal entre pessoas 6. Cada um tem um jeito de dar a notícia 7. Busca de novos horizontes 8. Demonstração de capacidade, criatividade e empenho

COMENTE

Comunicação

Direitos

1. É o certo, o justo 2. Tudo aquilo que os seres precisam para viver com dignidade, com saúde, em paz, felizes 3. Não se resume ao “pão nosso de cada dia”, nem no circo para nos fazer rir 5. Inclui seres humanos, animais, meio ambiente 6. Está no passado e no futuro, na memória do que existiu (para o bem e para o mal) 7. Existe para as gerações futuras (só para o bem) 8. Para os atingidos, só existem na teoria

COMENTE

Luta

  1. Caminho que nos leva a preservar nossas raízes e fé 2. Busca constante de tudo que nos foi tirado, combate do dia a dia 3. Disputa por interesses comuns 4. Força para resistir e seguir em frente 5. Não cessará

COMENTE

Pauta

  1. Onde deve morar a verdade 2. Investigação e texto sobre algo 3. Cuidado com as palavras 4. Uma forma de expressar um fato ocorrido

COMENTE

Notícia

1. Texto informativo sobre um novo fato 2. Construção 3. Versão de uma história 4. Interesse público

COMENTE

Sirene

  1. Aviso 2. Suficiente? 3. Obrigação primária 4. Não estava lá quando necessário 5. Barulho 6. Ausente

COMENTE

Registro

1. Preservação de uma história 2. Passado, presente e futuro 3. Responsabilidade entre gerações 4. Evolução 5. Aprendizado

COMENTE

Reportagem

1. Texto (matéria) jornalística que serve para contar (reportar) aos receptores (leitores,  ouvintes, telespectadores) aquilo que ele não viu, não ouviu, não leu 2. Informação para os receptores terem dados para formar a própria opinião sobre os fatos, os acontecimentos 3. Não pode omitir nem inventar informações 4. Deve respeitar as fontes (pessoas, documentos) para não “criar” uma realidade inexistente 5. Se as regras não forem seguidas, não é jornalismo, é ficção. Não é reportagem, é conto

COMENTE

Relato

1. Fidelidade 2. Descrever de acordo com a perspectiva de quem viu, viveu 3. Perceber a visão do outro 4. Expor a verdade

COMENTE

História

1. Coleção de memórias boas e ruins 2. Conhecimento do passado e compreensão do presente 3. Preservação 4. Legado; aquilo que fica de nós

COMENTE

Memória

1. O que não pode ser nunca esquecido 2. Valor imprescindível 3. O que não pode ser negligenciado 4. Sobrevivência 5. História de vida 6. Lembrança 7. Resgate 8. Ensina e aponta para novos rumos

COMENTE

COMENTE

Ainda não há comentários

Os comentários estão fechados

CADASTRE-SE NA NEWSLETTER

Send this to a friend