A Democracia por meio das comissões de atingidos(as)

A democracia é um regime político que possui aspectos essenciais: igualdade e representatividade; liberdade e diversidade. Pela igualdade e pela representatividade, todos os cidadãos são iguais perante a lei e podem ocupar cargos políticos para representar o povo na tomada de decisões. Por meio da liberdade e da diversidade, cada pessoa é livre para exercer sua individualidade, configurando os diferentes modos de vida e de pensamento.

31 Compartilhamentos

Abril 2019

A imagem escolhida para a capa desta edição carrega alguns sentidos. Nas mãos de dona…

Ombudsman: As sirenes nunca tocam; A Sirene ainda ecoa

Ombudsman é uma coluna escrita por um convidado(a) da área de jornalismo e externo à equipe do veículo de comunicação.
Nela, o(a) autor(a) analisa o papel do jornal e as técnicas utilizadas por ele, destacando tanto pontos positivos quanto negativos.

68 Compartilhamentos

Editorial/Fevereiro 2019

No dia 5 de fevereiro de 2016, o Jornal A SIRENE foi lançado na praça da Sé, em Mariana. Este veículo nasceu ali para relembrar e romper o silêncio que antecedeu o crime de Fundão. Hoje, soar a nossa sirene a cada mês é mais do que um protesto diante da negligência da mineradora Samarco em não possuir um alerta para as comunidades próximas às barragens.

26 Compartilhamentos

Nota de solidariedade a Brumadinho

Com imenso pesar, a Comissão de Atingidos pela Barragem de Fundão (CABF), as comunidades atingidas e a Cáritas Brasileira Regional Minas Gerais em Mariana, recebem a notícia do rompimento das barragens de rejeitos da Vale, na Mina Feijão, em Brumadinho. Vivendo os impactos do crime há mais de três anos, atingidos e atingidas de Mariana se solidarizam com a população de Brumadinho.

Chega de sofrer calada – Segunda parte

As mulheres estão na linha de frente da luta. Elas sempre foram as responsáveis pelo cuidado da casa, da família. Às vezes, ela trabalha fora e ainda está presente nas reuniões, trazendo uma pauta que não é só dela, que não é só sobre o cartão dela, mas é a pauta da família que está com a moradia trincada e precisa sair porque está em situação de risco.

Chega de sofrer calada

Além do desafio de não serem reconhecidas como trabalhadoras pelas empresas causadoras dos danos (Samarco, Vale e BHP Billiton) ao serem consideradas como dependentes dos maridos no processo de cadastramento, as mulheres também sofrem com o assédio dos trabalhadores das terceirizadas contratadas para atuar nas comunidades.

1 Compartilhamentos

Pelas janelas de Areal

Assim como uma ponte que liga uma cidade à outra, nas janelas de Areal-ES existe uma força que une, uma paisagem em comum. Em cada janela quadrada presente nas fachadas destas moradias, avistam-se as motos, as bicicletas, os(as) moradores(as), as águas do rio Doce e os tubos de gás da empresa Petrobras.

9 Compartilhamentos
CADASTRE-SE NA NEWSLETTER

Send this to a friend