Manifestos

Leia as reportagens relacionadas a cobertura de manifestações e reivindicações dos moradores atingidos.

O trauma da reconstrução

Após constantes problemas com as obras, atingidos(as) conseguem, a partir de reivindicações, a formação de uma equipe técnica para acompanhar o processo de construção e de reforma das casas em Barra Longa.

O museu do crime

Dentre as estratégias de publicidade da Fundação Renova, uma tem localização central na cidade de Mariana e funciona como atração turística. Os(As) visitantes, quando saem, levam a sensação de que sabem o que se passa nas comunidades atingidas e de que a fundação/empresas estão reparando os danos. Nós, que estamos do outro lado e vivemos a realidade, sabemos que o casarão da Renova mente, assim como a fundação. 

118 Compartilhamentos

Lutar é nosso direito

Manifestar é reivindicar, resistir e, acima de tudo, exigir aquilo que nos é negado diariamente: nossos direitos.

43 Compartilhamentos

Atingidos(as) ocupam escritório da Renova

Atingidos(as) de Mariana, Barra Longa e Acaiaca estão ocupando o escritório da Fundação Renova, em Mariana, desde esta segunda (03/06). As comunidades apresentaram 18 reivindicações para a fundação/empresas, porém não obtiveram respostas e decidiram ocupar o escritório até que a Renova traga soluções para os(as) atingidos(as).

81 Compartilhamentos

Ombudsman: As sirenes nunca tocam; A Sirene ainda ecoa

Ombudsman é uma coluna escrita por um convidado(a) da área de jornalismo e externo à equipe do veículo de comunicação.
Nela, o(a) autor(a) analisa o papel do jornal e as técnicas utilizadas por ele, destacando tanto pontos positivos quanto negativos.

68 Compartilhamentos

O que eles querem ver?

A Fundação Renova tem utilizado a reparação aos danos causados às vitimas como uma maneira de realizar propaganda de si mesma. Ao oferecer visitas aos terrenos das comunidades e expor maquetes do reassentamento, a Fundação cria o “turismo da desgraça”

20 Compartilhamentos

Nós, por uma saúde digna

A falta de informação e o número crescente de reclamações sobre os problemas de saúde fizeram com que moradores de Barra Longa, apoiados pelo MAB, dessem início ao “Coletivo da Saúde”, que tenta conscientizar e politizar os atingidos sobre esse tema

1 Compartilhamentos

O que temos para dizer às mineradoras?

“Vocês [Samarco] estão correndo atrás para voltar a funcionar. Pois então, a gente tá correndo atrás pra nossa vida voltar a funcionar”

1 Compartilhamentos
CADASTRE-SE NA NEWSLETTER

Send this to a friend