Por amor ao Bento: onde tudo começou

Ver galeria
14 Fotos
Por amor ao Bento: onde tudo começou
Bodas de Prata de Marinalda e Marquinhos (Foto: Lucas de Godoy)

Por amor ao Bento: onde tudo começou
Bodas de Prata de Marinalda e Marquinhos (Foto: Lucas de Godoy)

Por amor ao Bento: onde tudo começou
Bodas de Prata de Marinalda e Marquinhos (Foto: Lucas de Godoy)

Por amor ao Bento: onde tudo começou
Bodas de Prata de Marinalda e Marquinhos (Foto: Lucas de Godoy)

Por amor ao Bento: onde tudo começou
Bodas de Prata de Marinalda e Marquinhos (Foto: Lucas de Godoy)

Por amor ao Bento: onde tudo começou
Bodas de Prata de Marinalda e Marquinhos (Foto: Lucas de Godoy)

Por amor ao Bento: onde tudo começou
Bodas de Prata de Marinalda e Marquinhos (Foto: Lucas de Godoy)

Por amor ao Bento: onde tudo começou
Bodas de Prata de Marinalda e Marquinhos (Foto: Lucas de Godoy)

Por amor ao Bento: onde tudo começou
Bodas de Prata de Marinalda e Marquinhos (Foto: Lucas de Godoy)

Por amor ao Bento: onde tudo começou
Bodas de Prata de Marinalda e Marquinhos (Foto: Lucas de Godoy)

Por amor ao Bento: onde tudo começou
Bodas de Prata de Marinalda e Marquinhos (Foto: Lucas de Godoy)

Por amor ao Bento: onde tudo começou
Bodas de Prata de Marinalda e Marquinhos (Foto: Lucas de Godoy)

Por amor ao Bento: onde tudo começou
Bodas de Prata de Marinalda e Marquinhos (Foto: Lucas de Godoy)

Por amor ao Bento: onde tudo começou
Bodas de Prata de Marinalda e Marquinhos (Foto: Lucas de Godoy)

Por Mara Regina Silva Muniz, Marinalda Aparecida Silva Muniz, Manoel Marcus Muniz e Mônica Santos

Com o apoio de Carlos Paranhos

Fotos: Lucas de Godoy

Há 25 anos atrás, precisamente no dia 19 de dezembro de 1992, Marquinhos Muniz e Marinalda Muniz realizavam a cerimônia de casamento deles na Igreja de São Bento, em Bento Rodrigues, celebrada pelo Padre Geraldo Barbosa. Na ocasião, a comunidade lotou todos os bancos de madeira da Capela que se encontrava de pé e toda decorada, consagrando uma união de amor.

No final de 2017, no dia 23 de dezembro, o casal retornou à Igreja para celebrar suas Bodas de Prata. Apesar da decoração também estar presente, o que restou do local foram ruínas e um teto inexistente, que precisa de uma cobertura para que os convidados possam permanecer debaixo do sol, consequências de um crime que deixou enormes marcas. Realizar a cerimônia neste lugar, mesmo com todas as limitações, significa vitória não só para o casal, mas para toda a comunidade do Bento.

Os atingidos, mais uma vez, demonstram que, através da união, é possível ocupar um espaço que lhes pertence. Acima do amor entre duas pessoas, está o amor por várias histórias de vida, está o amor por Bento Rodrigues.

 

A noiva, Marinalda

Vivemos a emoção de celebrar as bodas na simplicidade do nosso povoado Bento Rodrigues. Foi nas ruínas da Igreja São Bento, celebração realizada pelo Padre Armando Godinho, e ao lado dos nossos parentes e dos verdadeiros amigos que nos acompanharam desde a infância, e também aqueles que conquistamos ao longo dessa trajetória.

O noivo, Marquinhos

Aquele lugar, principalmente a Igreja, pra gente é muito valioso. Foi ali que começamos a aprender as coisas. Depois do rompimento da barragem, eu pensei: “perdi a Igreja, esse espaço”; mas hoje em dia eu penso que é muito importante ter celebrado ali, nas ruínas mesmo, no Bento.

A filha, Mara

Comemorar as bodas na Igreja de São Bento é muito importante para os meus pais e para todos os atingidos. A chave da Igreja ficava sobre proteção do meu avô, era ele quem abria e fechava depois das missas. Se a Igreja precisasse de algum conserto, a própria comunidade ia lá e arrumava tudo. Eu penso que essa celebração vai trazer o mesmo sentimento de antes, quando Bento se reunia para fazer as festas e as celebrações.

Os amigos, Loucos pelo Bento

Durante esses 25 anos temos certeza de que foram muitos os momentos de alegria, de cumplicidade e companheirismo. O destino quis que nosso querido Bento fosse atingido por esse crime, mas estamos aqui de pé, cabeça erguida sem perder a esperança. Vocês, ao virem aqui, nos dão o apoio e nos ajudam a acreditar que o Bento se reerguerá no apoio, na união de todos!

 

*Agradecemos imensamente à Ludmila e Tatiane Cáritas, defesa Civil e Polícia Militar, aos prestadores de serviços: Grupo musical “KM” Karla Morais, Aila Vilas Boas – mesas e cadeiras, Adria – toalhas, Goretti – doces e bolos, Floricultura Real, Ana cozinheira, Allan e Banda, Bar da Sandra, Disk Cerveja Mariana, e os responsáveis pelo sistema de sonorização que tornou possível essa realização.

Ainda não há comentários

Os comentários estão fechados

CADASTRE-SE NA NEWSLETTER

Send this to a friend