Todo dia um remendo

Ver galeria
9 Fotos
Todo dia um remendo

Foto: Joice Valverde

Todo dia um remendo

Foto: Joice Valverde

Todo dia um remendo

Foto: Joice Valverde

Todo dia um remendo

Foto: Joice Valverde

Todo dia um remendo

Foto: Joice Valverde

Todo dia um remendo

Foto: Joice Valverde

Todo dia um remendo

Foto: Sérgio Papagaio

Todo dia um remendo

Foto: Joice Valverde

Todo dia um remendo

Foto: Joice Valverde

Por José Eduardo Coelho Filho (Zezé de Taninha) e Maria Auxiliadora Rocha Machado (Dora)

Com apoio de Joice Valverde e Sérgio Papagaio

 

 

Na edição de janeiro de 2019, o Papo de Cumadre denunciava as eternas obras nas ruas de Barra Longa. E, próximo de completar quatro anos do rompimento da Barragem de Fundão, os moradores continuam sofrendo com os transtornos causados pelas empresas contratadas pela Samarco, Vale e BHP para realizar obras de reparação na cidade.

 

Eles tiram o bloquete e colocam outro, não sei se é na terra ou na areia, fica uma poça de barro, aí os carros passam e jogam tudo no muro da casa. A parede tá toda respingada de barro, tem que lavar todo dia, até a cortina tive que trocar. Vou ao escritório da Renova pra ver se eles arrumam, pelo menos, a frente da casa, pra não passar o Natal com isso sujo. 

Dora, moradora de Barra Longa

 

A reforma do asfalto custou meu tempo. Voltou a abalar a casa, porque aquele rolo compressor de ferro dá uma trepidação danada. Eu tenho uma criança de 1 ano e 7 meses em casa, você imagina o barulho e a poeira.

Zezé de Taninha, morador de Barra Longa

 

Quando irão acabar as obras em Barra Longa? Não tem prazo de nada. Fecharam a pracinha num fim de semana pra fazer obra de pavimentação. Agora, imagina, um lugar que, praticamente, é o acesso da cidade, você ter que dar a volta na Beira Rio. Na rua 1° de Janeiro, toda semana, tem que trocar um bloquete que afundou. Faz quatro anos agora em novembro e tem ainda muita coisa pra fazer, as obras grandes nem começaram.

Zezé de Taninha, morador de Barra Longa

 

Vai fazer dois anos que moro aqui, diariamente tem problema pra arrumar, a última vez foi esse mês. Quando tá acontecendo obra, a gente fica interditada, não tem como sair pela garagem. 

Dora, moradora de Barra Longa

COMENTE

Ainda não há comentários

Os comentários estão fechados

CADASTRE-SE NA NEWSLETTER

Send this to a friend