Moradores mostram o que salvaram da tragédia que mudou suas vidas

Os raios de luz que entram pela janela são suficientes para revelar o brilho nos olhos de Dona Irene. Atingida pela tragédia da barragem da Samarco, naquele 05 de novembro de 2015, a moradora de Bento Rodrigues tem no som de seu pandeiro a felicidade das boas lembranças. O instrumento musical, que é um de seus xodós, foi um dos pertences que Dona Irene conseguiu recuperar após o rompimento da barragem.

Agora, na cidade de Mariana, em Minas Gerais, a rainha da música e do som exibe sua conquista, enquanto os fótografos Lucas de Godoy e Luiza Geoffroy preparam mais uma imagem que irá compor a edição de novembro do jornal A Sirene.

Publicado em edição especial, em alusão ao mês em que se completa um ano do mar de lama e da luta por justiça, a publicação traz em fotografias as memórias concretas que não foram levadas pela destruição.

“A mudança foi drástica em Bento Rodrigues, Ponte do Gama, Paracatu e muitos outros distritos atingidos. Sem sequer sermos avisados, não tivemos a oportunidade de pegar uma mínima lembrança de toda a nossa história de vida. O tempo que tivemos foi para salvar nossas vidas e a de amigos e familiares. Porém, pelo acaso, instinto ou sorte, alguns moradores conseguiram salvar uma memória daquilo que levaram a vida inteira para conquistar.”, dizem os atingidos em trecho da reportagem “O que ficou com você?”.

Assim como esta história a edição de 32 páginas do jornal A Sirene refaz o caminho deste primeiro ano após o rompimento da barragem, relembrando, por exemplo, “A última noite” nas comunidades de Bento Rodrigues e Paracatu.

“Vimos fogueiras sendo feitas para clarear a noite escura, idosos sendo carregados. Vimos e vivemos aquela noite longa e sofrida, que chegava como um cenário desolador trazendo um cheiro podre que mal dava para respirar. A última noite terminou com um amanhecer triste. Tudo arrastado”, conta o morador Antônio Geraldo Santos em seu texto.

A edição de novembro pode ser lida aqui.

// Assessoria de Comunicação

COMENTE

Ainda não há comentários

Deixar uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

CADASTRE-SE NA NEWSLETTER

Send this to a friend