Papo de Cumadres: Matriz de Danos

Consebida e Clemilda estão encantadas com a construção da matriz de danos, pois os direitos de todos os atingidos esta matriz está valorando.

Por Sérgio Papagaio

– Cumadre Clemilda cê num participô da reunião onte, a professora da universidade lá du Rio de Janeru tava isplicanu u que é matriz de danus.

– Oia que danação minha intelnete tava fraca e num abril u link não, mas ocê que palticipô pode  tá me falanu o que é matriz de danu.

– Cumadre a matriz de danu é uma tabela que a doutora Flavia Braga Vieira da Universidade Rural du Rio de Janeru com sua equipe e us atingidus,  contruiru juntus, pra pô preçu nus trem tudu que nois peudemus, tantu os matéria quantu us emocioná .

– A eu tô me alembranu dus trem que nus grupu de base a assessoria ficava peuguntanu, entonse era pra fazê esta tabela, quês tava montanu?

– É isso também, mas oia u que eu tô te falanu, aquelas reunião num era só pra matriz de danu não.

– Cumadre ocê se lembra que eu tava embuchada, já bem adiantada, quandu a lama marvada tirô minha fia de mim, antes mesmu dela abri u zuim.

– Uai, lembru sim, num foi eu que cuidei da cumadre e tratei du entrru du anjim, por está prenha na ocasião, ocê tem direitu a mais 10% du total, como ocê é muié tem mais 10%, ocê também é de comunidade tradicioná mais 10% ocê vai ganhá.

 – Cumadi eu num contei nada dissu intão num vô recebê esses 10% ai?

– Presta a atenção, u que foi faladu è que  ainda num ta fachadu a quarqué hora du dia ocê pode percurá a assessoria, agora pur telefone pru causa da pandemia, e tirá suas duvida sobre a matriz que foi pra Barra Longa construída mas com as graça de Nossa Senhora Aparecida, há de ajudá toda a bacia.  

Ainda não há comentários

Os comentários estão fechados

CADASTRE-SE NA NEWSLETTER

Send this to a friend