Tag: justiça

O museu do crime

Dentre as estratégias de publicidade da Fundação Renova, uma tem localização central na cidade de Mariana e funciona como atração turística. Os(As) visitantes, quando saem, levam a sensação de que sabem o que se passa nas comunidades atingidas e de que a fundação/empresas estão reparando os danos. Nós, que estamos do outro lado e vivemos a realidade, sabemos que o casarão da Renova mente, assim como a fundação. 

112 Compartilhamentos

Atingidos(as) antes do rompimento | Início

Nesta edição, o Jornal A SIRENE foi até as comunidades de Barão de Cocais e Antônio Pereira entender a realidade dessas pessoas que sofrem com o risco de rompimento de barragens e o descaso da mineradora Vale. A empresa atua de forma irresponsável ao deixar os(as) moradores(as) desinformados(as). Essas comunidades são atingidas antes de qualquer rompimento porque suas principais preocupações são causadas pela Vale.

37 Compartilhamentos

Quanto tempo dura a espera?

“Morei 35 anos no Bento, eu achava que ia terminar os meus dias lá. Foi o único lugar em que pude comprar um pedacinho de terra pra chamar de meu.”

63 Compartilhamentos

O que eles não querem entender

Para os(as) moradores(as) das comunidades atingidas, o rompimento foi só o início do que viria pela frente.

22 Compartilhamentos

Lutas e conquistas

Na edição especial de três anos do rompimento da Barragem de Fundão, o jornal A SIRENE trás o resumo das lutas e conquistas dos(as) atingidos(as). Confira!

2 Compartilhamentos

Danos não são negociáveis

O reconhecimento dos danos sofridos pelas vítimas vem sendo negado pela Fundação Renova/Samarco. Entre as perdas e danos que tiveram que entrar em “negociação” pelos(as) próprios(as) atingidos(as) está a indenização pela desvalorização dos imóveis; a perda de local de trabalho e, consequentemente, de renda ou da relação de emprego, a perda individual a bens comunitários como igrejas e cemitérios, entre outros.

13 Compartilhamentos

Justiça, pelos olhos atingidos

Mesmo que a reparação dos danos do rompimento da Barragem de Fundão seja devidamente feita, não há valor que pague o saber das nossas vidas como eram antes, e ter a dor de ver como elas estão agora.

4 Compartilhamentos
CADASTRE-SE NA NEWSLETTER

Send this to a friend