Tag: reconhecimento

Danos não são negociáveis

O reconhecimento dos danos sofridos pelas vítimas vem sendo negado pela Fundação Renova/Samarco. Entre as perdas e danos que tiveram que entrar em “negociação” pelos(as) próprios(as) atingidos(as) está a indenização pela desvalorização dos imóveis; a perda de local de trabalho e, consequentemente, de renda ou da relação de emprego, a perda individual a bens comunitários como igrejas e cemitérios, entre outros.

13 Compartilhamentos

Diretamente atingidos

Daniel e Juliano são cortadores de cana em Barra Longa e, desde o rompimento da Barragem, perderam o lugar de onde tiravam a renda. Hoje, eles lidam com as dívidas e lutam para serem reconhecidos pela Renova/Samarco, Vale e BHP.

3 Compartilhamentos
CADASTRE-SE NA NEWSLETTER

Send this to a friend