O museu do crime

Dentre as estratégias de publicidade da Fundação Renova, uma tem localização central na cidade de Mariana e funciona como atração turística. Os(As) visitantes, quando saem, levam a sensação de que sabem o que se passa nas comunidades atingidas e de que a fundação/empresas estão reparando os danos. Nós, que estamos do outro lado e vivemos a realidade, sabemos que o casarão da Renova mente, assim como a fundação. 

Leia mais

Atingidos(as) ocupam escritório da Renova

Atingidos(as) de Mariana, Barra Longa e Acaiaca estão ocupando o escritório da Fundação Renova, em Mariana, desde esta segunda (03/06). As comunidades apresentaram 18 reivindicações para a fundação/empresas, porém não obtiveram respostas e decidiram ocupar o escritório até que a Renova traga soluções para os(as) atingidos(as).

Leia mais

O que eles querem ver?

A Fundação Renova tem utilizado a reparação aos danos causados às vitimas como uma maneira de realizar propaganda de si mesma. Ao oferecer visitas aos terrenos das comunidades e expor maquetes do reassentamento, a Fundação cria o “turismo da desgraça”

Leia mais

Nós, por uma saúde digna

A falta de informação e o número crescente de reclamações sobre os problemas de saúde fizeram com que moradores de Barra Longa, apoiados pelo MAB, dessem início ao “Coletivo da Saúde”, que tenta conscientizar e politizar os atingidos sobre esse tema

Leia mais