Atingidos(as) ocupam escritório da Renova

Atingidos(as) de Mariana, Barra Longa e Acaiaca estão ocupando o escritório da Fundação Renova, em Mariana, desde esta segunda (03/06). As comunidades apresentaram 18 reivindicações para a fundação/empresas, porém não obtiveram respostas e decidiram ocupar o escritório até que a Renova traga soluções para os(as) atingidos(as).

Leia mais

Chega de sofrer calada – Segunda parte

As mulheres estão na linha de frente da luta. Elas sempre foram as responsáveis pelo cuidado da casa, da família. Às vezes, ela trabalha fora e ainda está presente nas reuniões, trazendo uma pauta que não é só dela, que não é só sobre o cartão dela, mas é a pauta da família que está com a moradia trincada e precisa sair porque está em situação de risco.

Leia mais

Chega de sofrer calada

Além do desafio de não serem reconhecidas como trabalhadoras pelas empresas causadoras dos danos (Samarco, Vale e BHP Billiton) ao serem consideradas como dependentes dos maridos no processo de cadastramento, as mulheres também sofrem com o assédio dos trabalhadores das terceirizadas contratadas para atuar nas comunidades.

Leia mais

Ciranda: brincar, aprender e lutar por direitos

É necessário reconhecer as crianças como sujeitos no mundo, como sujeitos que sentem e vivenciam, à sua maneira, o que acontece ao seu redor. O crime que ocorreu no dia 5 de novembro de 2015, e que continua na vida dos(as) atingidos(as) ao longo da Bacia, não deixou de fora as crianças. Elas sentem os impactos de tudo isso e absorvem as dores e os sofrimentos causados pelos danos. Portanto, é importante acompanhar e entender de que forma elas foram atingidas.

Leia mais

1ª Feira de Saúde de Barra Longa

“[…]De uma forma linda e carinhosa, cerca de 250 pessoas passaram pela Feira, conversaram sobre a saúde dos atingidos e atingidas, viveram momentos de cuidados e se divertiram com as apresentações culturais locais.”

Leia mais

A loucura

Poema recitado pelo morador de Barra Longa Sérgio Papagaio durante o 12º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva, da Fiocruz, no Rio de Janeiro.

Leia mais

Casas em risco, nossas vidas também

Os moradores de Barra Longa denunciam o aparecimento de trincas e rachaduras em suas casas desde o rompimento de Fundão. Laudos da própria Renova/Samarco apontam problemas em 98 casas, porém, mais uma vez, a fundação/empresa alega que os abalos nas estruturas não tem relação com a tragédia/crime

Leia mais