Não seremos ouvidos sobre o futuro do nosso patrimônio?

Após o rompimento da Barragem de Fundão, a comunidade de Bento Rodrigues começou a discussão sobre, no futuro, tornar o território um museu. A partir de abril de 2016, o Ministério Público, em conjunto com o Conselho de Patrimônio de Mariana (Compat), propôs o tombamento de Bento Rodrigues. No entanto, algumas críticas foram levantadas pelos atingidos(as) que afirmam que propostas não estão envolvendo a comunidade de forma efetiva.

Leia mais

Um gualaxo de patrimônio

O diagnóstico da Pólen analisou os projetos e relatórios feitos pela Samarco S.A. e pela Fundação Renova entre 2015 e 2017 e percebeu que as ações de reparação se ancoravam exclusivamente no TCP (Termo de Compromisso Preliminar), assinado no início da tragédia.

Leia mais