Editorial (março/2018)

“Não aceitamos nada menos do que nos foi tirado. Queremos participar de todos os processos que determinam o nosso futuro. Queremos um diálogo esclarecido, pois informação é um direito nosso. Nada disso deveria estar sendo cobrado por nós.”

Leia mais